quinta-feira, 23 de abril de 2009

Braços*





Braços abertos,
não como quem espera
cair do céu o que é seu.
Braços abertos,
não como quem pede perdão
ou redenção.
Braços abertos,
não como quem suplica
ou se arrepende.
Braços abertos
como quem abraça a vida,
não como quem espera a morte.
...
como quem vive,
apesar de tudo,
apesar de todos.
P.S.: só fecho os braços se for para te envolver neles.
beises*

6 comentários:

  1. P.S 2- E só abri-los desta forma. Quando souber o porque e sentir.

    um abraço.

    (pra nao sair do tema:P)

    ResponderExcluir
  2. Viver é a questão.

    Braços abertos são livres de qualquer responsabilidade.

    Braços que envolvem merecem ter seu corpo igualmente envolvidos.

    To em dia com esse blog.
    To me sentindo tãao beeeeem.

    É sempre bom ler material bom.
    É sempre bom conhecer um pouquinho mais da Day.

    Saudades Day!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. pra acolher.
    adoro seu abraço, a propósito.
    hehehe
    beijão, day.

    ResponderExcluir
  4. abrece a vida, meu amor! é bela, linda, profunda e trancendente.

    ResponderExcluir